25 setembro 2008

Sobre ética, honestidade e cidadania

Aprendi em algum momento da minha vida que a definição mais simples de ética é agir de modo a não prejudicar alguém. Quer dizer, sou ético na medida em que meus atos não façam nenhum mal à outra pessoa. Da mesma forma, aprendi que a honestidade deve ser inerente ao indivíduo, que deve pautar seus atos por uma conduta retilínea, sem desvios que o levem a obter alguma vantagem ilícita sobre alguém. Por último, cidadania para mim é um conceito que leva à prática cívica e moral, a exercer os deveres e ter garantido os direitos, com honra, dignidade e respeito. Por que este assunto? Estou assistindo ao debate político dos candidatos a Prefeito na TVBV. Simples assim.

3 comentários:

Caroline disse...

A Ética é uma Irmã da moral, da honestidade e, com certeza professor, é mãe da cidadania.
Quando se age com ética, moral e honestidade pensam no bem de uma cidade, não em tirar benefícios próprios. Os políticos são desonestos, mas o povo é tão corrupto quanto. Muitos andam atrás de candidatos pedindo dinheiro, favores, festas, etc
Acredito que a cidadania, é muito lembrada para reclamar os direitos dos moradores de uma "nação" (Cidade, Estado, País), dificilmente vejo alguém falando de cidadania sabendo quais seus deveres (que não são os impostos não). Em ano de eleição nosso principal dever como cidadãos é encontrar pessoas com as qualidades referidas para ocupar o lugar de nossos representantes. É nosso dever também durante quatro anos, terem atenção voltada para estes representantes, conhecimento a forma como ele nos representa. O mínimo como cidadãos é lembrar em quem votamos e saber o que esta pessoa fez nos representando.
È muito fácil falar de Ética, moral e honestidade, embora seja muito difícil entender estes conceitos, muitos acreditam que quem define ética é o conselho de ética, e se não faz parte de um grupo que tenha um, não precisa ter. A ética é uma mãe zelosa e muito rigorosa, ela nos guia em um caminho de moral e honestidade. Falta hoje na sociedade filhos (cidadãos) que ainda lembrem-se do que sua mãe (ética) ensinou.

Geovani disse...

Fala Palermo! sua meia duzia de leitores fiéis aumentou,
seu blog ja esta como favoritos assim como os sites de PP que você comenta na sala!

Kelly Veiga disse...

Ahhhh não acredito que perdi o debate!

¬¬

Beijos profi!