17 setembro 2008

Hoje é dia.

Hoje é dia sim. Pelo menos, ontem foi dia não. Então, se você ainda não notou, hoje tem post novo. E, por mais que eu tentasse evitar o assunto, não tem como eu não falar em política. Ou nas campanhas políticas. Vou tentar falar com a maior isenção possível. Vamos lá: vc já percebeu que nos comerciais soltos durante a programação nunca aparecem cenas de externa, nem animações ? (pelo menos não deveriam aparecer). Pois é, isso é proibido pela legislação eleitoral. Por isso, essa coisa meio morna, com candidato sempre no estúdio. Tem um até que não mudou de roupa desde a primeira aparição. Notaram?

4 comentários:

adtudo disse...

Boa Palermo... mandou bem. Gostaria de saber mais sobre esse assunto. Parabéns pela disciplina! abraço

Anónimo disse...

Danielle Ambrosi

Pois é... alguns ainda usam a mesma campanha de outras eleições, os mesmos personagens e as mesmas histórias... falta de criatividade ou de verba???

Carol disse...

o que mais espanta nesta eleição é essa coisa morna, as palavras pesadas e a comunição tão sem grança, sem alcance! Não houve nada que prenda a atenção, que vire fofoca, que faça o bonde andar! Este ano ta sobrando malandragem e faltando criatividade! Faltando uma campanha forte, algo que se diferencie, que torne "um" candidato mais atrativo. Parece, comparando com o Mercado, uma bazar, onde as roupas que estão as vendas estão naqueles cestos, e só muda a cor, o modelo é o mesmo!
Ta faltando sim, propaganda de qualidade.

Je bizinelli disse...

Desse jeito eles conseguem deixar as propagandas políticas menos interessante do que ja são!