22 setembro 2009

Sobre uma vovó moderninha e titias nem tanto



Não é foco da linha editorial do blog comentar as novidades publicitárias da mídia. Mas este fato não pode passar em branco.

Você já deve estar sabendo que a ALMAPP BBDO tirou do ar aquele
comercial genial que mostrava o diálogo – inteligente – da avó e sua neta. Aquele mesmo em que o Cauã Raymond fazia apenas uma ponta – outra prova da genialidade da ALMAP.

Já comentei isso várias vezes nas aulas. Entre tantas coisas que admiro nas campanhas das Havaianas, é o fato de que eles não utilizam celebridades apenas para recitarem textos mornos sobre o produto. Pelo contrário, o famoso sempre aparece a serviço da idéia, e muitas vezes apenas como escada para a piada.

Mas vamos voltar para o comercial censurado pela opinião pública. Pois é, algumas pessoas, ou algum triste grupo organizado da nossa chamada sociedade civil, andou reclamando que a simpática e moderninha vovó estava incentivando sua neta a praticar sexo sem compromisso.

Um fato lamentável, que vem mostrar, mais uma vez, que o grande problema da sociedade moderna é a falta de assunto, mesmo nesta era de profusão de informações digitais. Pessoas sem assunto, ou sem ter o que se preocupar de verdade, agiram em defesa da boa moral e dos velhos bons costumes.

Mas esse fato lamentável gerou mais uma peça brilhante – e, mais do que isso, inteligente – da ALMAP. E a agência lançou um
comercial com a própria vovó comentando que o comercial foi tirado do ar em respeito a quem reclamou. E que, também em respeito a quem o elogia, ele continua no ar na internet.

E, pérola das pérolas, finaliza o texto com o mote de que é moderninha.

Tudo lindo, se não fosse triste. Triste assim.

8 comentários:

Kelly Veiga disse...

Como disse o redator aqui, Bruno Aydos, "se fosse a Dercy ninguem falava nada".

Uma bela saída das Havaianas.
Me fez lembrar aquele do Mon Bijou para o Confort "foi reclamar agora não vai mais aparecer na TV" haha

Beijos, Prof!

Thayse T. disse...

nossa, quando eu vi o comercial logo pensei: acertaram de novo.
nunca vi ninguém falar "to falando de sexo" de forma tão doce. mas esse fato de ir pra internet e está tudo certo preocupa um pouco, não? então agora se faz o que quiser e manda pra internet? qdo vão começar a censurar na internet também... não sei me veio várias coisas. mas eu adorei a saída deles: acertaram de novo².


*te procurei pelos corredores, dai não te achei, dai vim aqui, é legal você ter um blog. hahah

disse...

Oi, professor!

Também postei no meu blog sobre esse comercial, mas foquei mais na forma em que ele foi produzido.

Existem no país certos tabus e a propaganda, quando está acima deles, é tachada de infame, transgressora. O problema, ao meu ver, nesse caso, não está no emissor, mas no receptor. Por que então que ninguém acha amoral as propagandas de cerveja por mostrarem mulheres semi-nuas num contextro explícito à incitação ao sexo? É mais sutil, menos escancarado só porquê isso não é verbal?

Beijão, Palermo!

Rafa Xomes disse...

Pois bem, tem gente que raalmente não tem nada pra fazer mesmo, até minha querida vózinha indignou-se.
Mais enfim, no nosso país informal e descontraído, só no verbo, pq a sociedade ainda é bem conservadora. paciencia ¬¬
E mais uma vez louvores e glórias a criatividade, que deu uma saída fantástica. Viva a vovó moderninha

Diego Moreau disse...

Agora, só pra provocar, será que rolou isso mesmo ou estamos vendo um "viral ao contrário"? Hoje em dia...parece que vale tudo.

Marcelo Zaniolo disse...

fiquei pensando no comentario do Diego...
nao duvido de mais nada mesmo!

mas que a "havaianas" se saiu muitissimo bem se saiu! hehe

abraços professor

Fernando Palermo disse...

Pois é, tb pensei na possibilidade de ser uma grande jogada. Mas, cá entre nós, seria brincar com a opinião pública. E, por que não dizer, enganar as pessoas. Acho que foi real mesmo. E, sinceramente, tomara que tenha sido. Não consigo pensar nas Havaianas/Almap brincando assim com as pessoas.

Ana Paula Waterkemper disse...

Muito bom o comercial, mais uma vez a havaianas se saiu bem.
Adoro todos que passam, ficam sempre marcados na memória da gente!
Foi uma pena ter tirado o primeiro do ar, pois estava engraçadíssimo. Mas, como uma boa marca, conseguiu fazer outro, melhor ainda, e sem ficar po baixo!

Bjos