28 abril 2008

Sobre escrever para a web.

As páginas da web, os blogs, os sites e demais canais interativos não exigem redatores diferenciados de outros meios. Apesar deste espaço virtual ser relativamente novo, o êxito de suas mensagens depende da boa e velha palavra. A boa redação é igual e necessária em qualquer ação de comunicação, seja qual for o meio. A diferença é que aqui temos uma ferramenta a mais: a interatividade. Alguns textos, em determinadas mídias, podem obedecer a uma fórmula específica (remember Aristóteles) outras são regidas pelas tendências. No mundo interativo, as idéias também se baseiam em palavras, mas palavras em movimento. Até quando soubermos usar a telepatia, haverá a necessidade de escrever. E ler.

3 comentários:

Bruka disse...

Com certeza, aconteça a evolução que acontecer, LER E ESCREVER será sempre a nossa base.
Papá, te procuro na faculdade essa semana, queria falar contigo.

Beijoca, saudade das suas aulas.

Milena Gouvêa disse...

O que muito me incomoda em escrever para a Web é aquela fábula de que nela, os textos devem ser mais curtos. O que até faz algum sentido, porque todos querem informações mastigadinhas e fáceis de assimilar.

Existem até os "gurus" dos blogs (por exemplo) que têm uma série de dicas, como aquelas de escrever em blocos, sempre muito resumido.

Esse é o meu grande problema, resumir coisas não é comigo. Mas um dia, UM DIA, se Deus e Bill Bernbach permitirem, eu vou escrever com metade da fluidez dos seus textos. E ainda vou dizer que você teve culpa nisso!

Um beijão Palermo. Muitas saudades!

Geek disse...

Excelente blog Fernando! Parabéns!

Muitas páginas da web tem simplificado demais as coisas e conteúdos. Existem projetos para acervos de livros em .pdf(réplicas dos originais) mas também todos os dias são multiplicados os sites de entreterimento, é uma dialética. Agora a infoinclusão através de programas nacionais, o governo é muito experto mas o brasileiro está apto? Seria esta uma nova forma de alienação considerando o fato de que a tv já não prende o telespectador como prendia a 5 anos atrás? Desde a escola a liberdade que nos dão é do sempre igual. O brasileiro precisa seguir o exemplo dos países vizinhos e ler mais.

"A propaganda quer impregnar as pessoas com suas idéias. É claro que a propaganda tem um propósito. Contudo, este deve ser tão inteligente e virtuosamente escondido que aqueles que venham a ser influenciados por tal propósito nem o percebam." (Joseph Goebbels)

Admiro seu trabalho e sempre que puder voltarei!
(Preciso de indicações de livros)
Fui estudar!!

Abraço!