23 maio 2009

Internet, interação e controle social

Hoje participei do EDITED, Encontro de Design e Tecnologia Digital, que aconteceu aqui em Floripa, no Centrosul. A primeira palestra do dia foi feita pelo Frederick van Amstel, um jovem de Curitiba com nome estranho mas um conhecimento profundo em internet e interação. É dele o blog Usabilidoido, muito conhecido no meio da comunicação digital.

Na palestra, Fred analisou a tecnologia como ferramenta de controle social, um controle que não será exercido por um grande irmão (Big Brother da obra 1984, de Orwell) mas sim por milhares de pequenos irmãos que se vigiam mutuamente pelas redes sociais.

O desejo inerente ao ser humano de controlar as relações sociais fez (faz e fará) surgir inúmeras aplicações 2.0 para ampliar ainda mais o poder de ação dos indivíduos.

Nesse cenário, o foco deixa de ser o objeto tecnológico e passa a ser a própria interação entre pessoas, uma interação possibilitada e mediada pela ferramenta.

Assim, tudo é interação social, mas com ela vem o controle. Você tem um celular não porque você deseja, mas porque as demais pessoas com as quais você se relaciona querem.

A interação, seja por meio de um papo no bar ou no Twitter é uma necessidade. Viver é interagir.

E, agora, a minha conclusão: temos que tomar o máximo cuidado para não passarmos de pessoas para simples profiles.

8 comentários:

Ricardo disse...

Oi Palermo. Vamos manter contato pós EDTED: http://delcastanher.com.br

André Alves disse...

Boa conclusão Palermo. Estive no Edted, mas não o vi por lá. O Rene de Paula que deu a palesta sobre Redes Sociais falou bastante sobre isso também. Não só o perigo de virar apenas um profile, mas toda a privacidade que perdemos nesse contexto. O orkut é um grande exemplo: julgam você pelas comunidades que participa, pelo seu número de amigos e por aí vai. Acho que não é a toa que o CEO do Google pediu em sua última palestra aos estudantes que desliguem os seus computadores e descubram tudo que há de humano a sua volta. Vale refletir. Grande abraço!

Fernando Palermo disse...

Claro, Ricardo. Vamos nos falando pelos eventos e redes sociais da vida.
André, pois é, tb não te vi lá. E tb gostei da palestra sobre Redes Sociais.
Como alguém já dizia, mais importante do que hardware ou software é o peopleware.
Abraço!

adtudo disse...

A.I. toma conta... o tato substituido pelo profile... enjoy

Camila disse...

Fala tiooo, eh a Camila! Preciso do teu email .. me escreve no camilacrodrigues@hotmail.com por favor.. Preciso de uma ajudinha tua pois vou comecar uma pos aqui no Hawaii e queria algumas dicas tuas alem de uma carta de recomendacao pra poder ingressar na faculdade
Beijoooos e obrigada

Cynthia Tiemi disse...

É, Palermo...a interação social é meio que uma necessidade humana. E como toda moeda tem seus dois lados, isso pode ser bom e ruim para nós, sociedade. Esse artigo tem certa relação com o que disse: http://bit.ly/18Gf7w

Bruna Pires disse...

Belo post, belíssimo, aliás. Infelizmente não pude comparecer ao #edted pela correria de última hora do nosso querido t.i, mas estou em busca dos comentários sobre as palestras.

Um grande beijo.

Fernando Palermo disse...

Camilinha, te mandei email. Mesmo assim, anota ai: palermoredator@yahoo.com.br
bjo.