26 agosto 2008

Você decide.

Cada vez mais forte a vontade de escrever um livro sobre propaganda. Já pensei em vários enfoques, inclusive já comecei e abandonei alguns projetos. Dois filhos, inúmeras árvores, arbustos e flores plantadas no meu refúgio dos Ingleses. Falta o livro. O bendito livro. E você vai me ajudar a escrevê-lo. E vai começar pelo tema. Afinal, escrevo sobre redação publicitária, sobre criação ou sobre propaganda de uma maneira geral? São três opções que não me saem da cabeça. Vamos lá, me ajude. Deixe o seu comentário escolhendo o tema do nosso livro. Com a sua ajuda, quem sabe dessa vez ele aconteça mesmo?

19 comentários:

Anónimo disse...

Oi Palermo acho que saeria bom se escrevesse sobre propaganda em geral com certeza dentro disto dá uma palhinha de ênfase para redação publicitária. tchau Rejane Marques

Katiany Pinho disse...

Redação Publicitária!!!!!!!!!!!!

katiany Pinho disse...

Redação Publicitária!!!!!!!!!!!!

Katiany Pinho disse...

Redação Publicitária!!!!!!!!!!!!

Katiany Pinho disse...

Então tá decidido, é redação mesmo. Tá todo mundo pedindo :)

Domingos disse...

Eu diria para fazer 3 livros o primeiro sendo sobre Publicidade o segundo sobre Criação e o ultimo para fecha com chave de ouro o redação ^^

André Alves disse...

Grande Palermo! Difícil escolha essa. Estou certo de que, seja qual for o tema, não irá faltar bagagem para fazer este livro. Por toda experiência, a dica que eu dou é um livro sobre propaganda em geral, o qual relate todas as suas vivências por agências e histórias inusitadas que muito ouvimos em sala. Deixe a teoria, a qual o professor já nos ensina diariamente e experimente esta volta no tempo, trazendo também as novas tendências e desafios que teremos pela frente. Espero ter ajudado um pouquinho ou confundido mais, talvez!

Thayse Vargas disse...

Adorei seu espaço Palermo.
Aproveito então para deixar minha sugestão: Redação Publicitária.

Shandô disse...

Hmmm eu leria todos, independente do foco. Mas vou votar em Propaganda em Geral.
Flw Palermo!

Cady disse...

Concordo com o que o andré alves disse!

"propaganda em geral, o qual relate todas as suas vivências por agências e histórias inusitadas que muito ouvimos em sala. Deixe a teoria, a qual o professor já nos ensina diariamente e experimente esta volta no tempo"

Livros de Redação tem vários por ai, mas sua história na propaganda ninguem pode escrever igual. Eu voto nesse!

João Paulo disse...

Palermo,
acho que você deve escrever sobre publicidade em geral.
Abbraço

Jefferson disse...

Gostei muito da idéia de contar as suas histórias. Seria um livro sem igual.

Muito interessante também seria escrever sobre os três temas, em volumes (haja tempo hehehe)

Fabio Nicaretta disse...

FUTEBOL!!!!
O TÍTULO SERIA:
SIMPLES ASSIM!

Jessica bizinelli disse...

Publicidade em geral dando um foco na redação publicitária (:

Suelen disse...

Redação! Redação!


:D

Caroline Rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Caroline Rodrigues disse...

A idéia do livro é fantástica, histórias e cases é o que não te faltam! Por isso, acredito que deveria ser sobre propaganda em geral, com ênfase em redação. Acredito que assim ficaria completo de uma maneira especifica, porque tanto a criação quanto a redação fazem parte da propaganda, para entender uma às vezes é necessário conhecer a outra. E é exatamente este link, entre criação e redação, que tornam muitas propagandas geniais. Escrever sobre o casamento entre a criação e a redação, tendo como padrinhos as mídias utilizadas e as veiculações como damas de honra. Mostrando como é difícil encontrar um par perfeito, assim como na vida, quando encontramos este par podemos dizer que “eles foram feitos um pro outro”, talvez até fosse um titulo legal esse: “Criação e Redação Publicitária: Feitos um pro outro.”

Guilherme Capella disse...

concordo o pessoal ali de cima palermo, propaganda em geral e da uma atenção especial para a redação. e é claro contando muitas histórias vividas.. SE vc lembrar neh haha
abraço

Gui Barcellos disse...

Porque não fugir um pouco da texto de caráter sério, e não abordar a propaganda de uma outra ótica? Talvez como Veríssimo aborda seus temas, talvez um Ed Mort da publicidade? (eu como fã do Veríssimo tendo a puxar as coisas pro sua maneira de escrever, e puxo um pouco o saco! haha)

Abraço Palermo